jump to navigation

Ação e Adoração novembro 27, 2008

Posted by christietristao in Notícias.
add a comment

7b060385d3-a126-48ce-bac7-b74cdc56e6347d_sc1

Ei gente, justamente nesta semana eu compartilhei um texto com vocês a respeito de equilíbrio na nossa vida de adoração. Ontem a noite eu estava em casa assistindo o repórter na tv e fiquei impactada com as cenas que vi da enchente de Santa Catarina. Comecei a chorar e clamar pela misericórdia do Senhor e imediatamente pensei: de que maneira eu posso fazer alguma coisa?

Hoje nós vivemos em uma época onde tem aconteccido tantas calamidades ao redor do mundo, que acabamos nos tornando meio que “anestesiados” em relação à dor alheia. Eu creio que a igreja precisa fazer diferença nestes momentos levando amor e agindo com muita compaixão. Compaixão não é sentir pena das pessoas e sim se compadecer do outro e ter uma ação em relação ao mesmo.

Tenho usado este espaço aqui no meu blog para compartilhar das coisas maravilhosas que o SEnhor tem depositado em meu coração. Creio que estamos tendo agora uma oportunidade de ser igreja de fato, não simplesmente através de um discurso e sim das nossas ações.

Hoje eu recebi um email que veio como resposta ao clamor do meu coração. Vem da parte de um ministério que eu conheço, pessoas que tem tido um trabalho sério na cidade de Itajaí. Vou fazer a minha parte daqui, mas eu gostaria de te encorajar a também fazer a sua. Neste email abaixo citado, você terá informações de como ajudá-los, seja através de envio de dinheiro ou até mesmo doações de roupas, comida e etc…

Conto com a sua participação nesta ação de adoração. Deus o abençoe. Christie Tristão

CAMPANHA “ADORAÇÃO PRÁTICA – ITAJAÍ”
 
Essa é uma campanha para atender às milhares de famílias que foram atingidas pela maior enchente da história do estado de Santa Catarina. Meu nome é Rafael Lopes, e faço parte do Ministério MEVAM (Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus), e dirijo a Escola Missionária de Adoração Prática. Juntamente com o meu sogro Pr Luiz Hermínio e demais pastores do MEVAM, servimos a Deus e à comunidade de Itajaí/SC. Com a igreja local, uma ONG no bairro São Vicente (Instituto Humanitário e Educativo SOS Vida) e uma Comunidade Terapêutica (SOS Vida Jovem) no município de Luiz Alves.
 
Há três meses Santa Catarina está sendo castigada pelas chuvas. Mas de quinta (20/11) para sexta (21/11) o temporal fez transbordar os rios Itajaí-Açu e seu afluente Itajaí-Mirim (que cruzam a cidade de Itajaí) resultando na maior enchente da história. Até às 22:00 do dia 25 de novembro, mais de 1,5 milhão de pessoas já foram afetadas pelos temporais, e mais de 60 mil pessoas foram desalojadas. Chega a 84 o número de mortos no Vale do rio Itajaí, oito municípios estão isolados e sete decretaram estado de calamidade pública, dentre eles, a cidade de Itajaí que foi a cidade mais afetada pela enchente: quase 90% da cidade está alagada. A situação é caótica e desoladora. O prédio de nossa igreja serviu de abrigo para mais de 30 famílias no momento mais crítico. Ainda tem 40 pessoas abrigadas lá. 
 
Hoje (25/11) a água começou a diminuir mas, apesar da chuva ter estiado, o problema está só começando. Falta água, falta comida, há carros debaixo d’água, pessoas saqueando supermercados em busca de comida, e gente passando fome e sede nas suas próprias casas ilhadas. A cidade está parada (o comércio, as indústrias, o porto) e não se sabe ainda o tamanho do prejuízo para os próximos meses. Três famílias de pastores e dezenas de outras famílias que moram nos bairros mais atingidos tiveram suas casas inundadas pela água do rio até o teto. Além desses que perderam tudo o que tinham em suas casas, carros e motos, milhares de irmãos que moram em bairros menos atingidos tiveram grandes perdas materiais. Alguns irmãos perderam seus negócios, outros mais pobres, perderam o fruto de trabalho de uma vida inteira e não têm sequer idéia de como recuperarão o que perderam. 
 
Cremos que Deus está no controle de tudo, e com certeza essa situação se reverterá em grande bênção. Mas para isso, a Igreja brasileira precisará apresentar-se aprovada, mostrando com as suas obras a sua fé (Tg 2:18), colocando o amor em prática (I Jo 3:16-18) e testemunhando assim que queremos avivamento. É tempo de unir as mãos, abrir nossa alma ao faminto e disponibilizar os nossos bens aos desabrigados (Is 58:7). Esse é o trabalho da igreja de Cristo. Tempo de adoração prática. 
 
Nós do MEVAM precisamos ajudar as pessoas a recomeçarem do zero, cuidando primeiro dos nossos, especialmente dos domésticos na fé (I Tm 5:8), e para isso contamos com a tua solidariedade. Nesse fim de ano, lembre-se de nós. Precisamos de doações. Ajude-nos nessa campanha de adoração prática. Fale na tua igreja, com os teus pastores, com empresários, amigos que têm mais posses ou menos (mas querem ajudar com o que têm) pois toda ajuda é bem vinda. O Ministério MEVAM, o Pr Luiz Hermínio e eu estamos disponibilizando contas só para receber ajuda em dinheiro. Estamos recebendo também comida, água potável, roupas, colchões, eletrodomésticos e móveis (em bom estado). O nosso endereço para o envio de doações é Av: Campos Novos 1850 – Galpão E – Bairro: São Vicente, Itajaí/SC, CEP 88309-650.
 
As contas bancárias para o envio de doações em dinheiro são:
 
Ministério MEVAM – Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus
Caixa Econômica Federal – Agência 1868 Conta Corrente 1362-2
 
Luiz Hermínio dos Santos
Caixa Econômica Federal – Agência 1868 Conta Poupança 10436-6
 
Rafael Lopes Cunha
Banco do Brasil – Agência 0503-7 Conta Corrente 57897-5

 

Anúncios

Equilíbrio Cristão novembro 24, 2008

Posted by christietristao in Uncategorized.
6 comments

1150760314c052j51

Equilíbrio Cristão
Texto Base:

“Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para o outro, ocupada em muitos serviços. Então se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto pouco é necessário ou mesmo só uma coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” Lc 10:28-42

Este texto acima citado nos fala de duas formas de expressão de adoração. Adoração envolve amor e atitude. Adoração é um estilo de vida, que envolve as nossas escolhas diárias em amar e servir ao Senhor. Marta e Maria representam um equilíbrio na nossa vida de adoração.

“Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.”Jo 11:5
Marta –  representa a parte prática (obras) na nossa adoração ao Senhor. Tudo aquilo que fazemos movidos pelo amor e zelo ao Senhor se torna adoração.                   
• Hospedou-o na sua casa;
• Serviu ao Senhor ;

“Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Então perguntarão os justos: Senhor quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.” Mt 25:35-40

“A religião pura e sem mácula, para com nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo.”Tg 1:27

Precisamos tomar cuidado para que o serviço não nos consuma ao ponto de não termos tempo para nos quedar aos pés de Jesus. Corremos o risco de nos ocuparmos agitando de um lado para o outro e carregando um fardo que não é o de Jesus.

 
Maria –  representa  a nossa fé no Senhor Jesus, e também o fato de nos separarmos somente para Ele. É necessário separarmos este tempo para estarmos na presença de Deus, para ouvi-lo rendidos aos Seus pés.
• Assentou-se aos pés de Jesus;
• Ouvia os seus ensinamentos.
“Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.” Mt 6:6

“E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, la estava ele, só.”Mt 14:23
Quando Jesus se referiu a Marta a respeito de Maria ter escolhido a melhor parte, ele não disse que a parte de Marta era desnecessária. Marta e Maria acolheram Jesus de formas diferentes, apesar de que Jesus também disse que a parte de Maria não lhe seria tirada.

• Qual a motivação das obras que você realiza?
• Qual a inspiração para as obras que você realiza?
• Você tem tido tempo para ouvir a voz de Deus, e tem tido disposição para obedecê-lo?

“Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano, e qualquer dentre vós lhes disser: ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos sem contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso? Assim também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.”Tg 2:15-17.                            CHRISTIE TRISTÃO

 

 

 
                                                                               

 

 

Níveis de Relacionamento com Deus novembro 18, 2008

Posted by christietristao in Uncategorized.
4 comments

jump-in-the-river

Introdução:

• Adoração é fruto do nosso relacionamento com Deus. À medida que conhecemos ao Senhor, ou seja, temos a revelação de quem Ele é, respondemos em gratidão, louvor e adoração. Então, quanto mais conhecemos de Deus, mais profunda e intensa se torna a nossa vida de louvor e adoração ao Senhor.
•  Quando Deus criou o homem, Ele criou um ser relacional. O pecado quebrou esta comunhão, porém o Senhor enviou o Seu filho para que este caminho fosse novamente aberto. Hb 10:19-20 “Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo do Santos, pelo sangue de Jesus., pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne,”

Texto base:  Ez 47

• Jesus é este rio, a palavra de Deus nos diz que Ele é a água viva que sacia a nossa sede. Somos atraídos para este rio, no qual existem níveis que podemos experimentar. Jesus se relacionou com diversos tipos de pessoas em diversos níveis: multidões, setenta, doze, três e um.

1. Fora do Rio = Multidões – São aqueles que ficam de fora do rio, ficam apenas observando e experimentam apenas as mãos do Senhor. As multidões não o conheciam verdadeiramente Lc 9:18-19.
Mt 15:30-31
“E vieram a ele muitas multidões trazendo consigo coxos, aleijados, cegos, mudos e outros muitos, e os largaram junto aos pés de Jesus; e ele os curou. De modo que o povo se maravilhou ao ver que os mudos falavam, os aleijados recobravam saúde, os coxos andavam e os cegos viam. Então glorificavam ao Deus de Israel.”
2. Artelhos (vers 3) = Setenta (Lc 10:1) – Após o envio dos doze discípulos, Jesus enviou outros setenta para Sua obra. Jesus tinha um número significante de seguidores, porém nem todos eram próximos a Ele. Este é um nível de relacionamento com Deus, onde o conhecemos mais de perto, porém não temos intimidade com Ele (Lc 10:22)) Nos contentamos em fazer algo para Ele, nos alegramos por isto, mas, não temos a revelação de quem Ele é realmente.

3. Joelhos (vers 4-a) = doze discípulos (Lc 10:23-24) – Tem comunhão com Jesus, o conhecem com um nível maior de intimidade, a eles é revelado os mistérios do Senhor.  Não podemos nos esquecer que JUDAS foi um dos discípulos de Jesus.

4. Lombos (Vers 4-b) = Pedro, Tiago e João (Mc 9:2) – Comunhão ainda mais íntima com Jesus, viveram um nível de revelação diferente dos outros nove discípulos.

5. Mergulho (vers 5) = João (Jo 13:23) – O discípulo a quem Jesus amava. João experimentou um nível de intimidade e revelação e conhecimento de Deus maior do que os outros. Autor do evangelho de João, das epístolas de João e do livro de Apocalipse.
• O livro de João trata da natureza e da pessoa de Cristo, e do significado da fé nEle. João apresenta Cristo, como o filho divino de Deus.
• O conteúdo do apocalipse é a revelação de Jesus Cristo, e Ele é o centro de todo o livro. (comentário por Charles Caldwell Ryrie- Bíblia Anotada.)Cada nível do rio representa quanto controle ainda podemos ter de nossas vidas até o ponto de nos rendermos completamente a vontade de Deus. Quando mergulhamos no rio já não temos força suficiente para andarmos pelas próprias pernas. Mas é necessário sempre lembrarmos de que a escolha é nossa. Deus nos chama e nos atrai para Ele, mas quem escolhe somos nós. E eu termino esta palavra com uma pergunta: ONDE VOCÊ QUER ESTAR?
                                                                                   CHRISTIE TRISTÃO.